Pescando de meias brancas

GoneFishinSocks47975__23655.1383594008.1280.1280Acredito que ninguém em sã consciência já tenha pensado em entrar na água pra pescar usando com meias brancas. Afinal, não parecem nada práticas, além deixar seus pés bem molhados. Mas a evolução…”essa sim é uma caixinha de surpresas”. E é justamente usando “meias brancas” que uma espécie de aranha consegue pescar de forma bem eficiente!
Aranhas são artrópodes que podem ser encontrados em praticamente quaisquer habitats terrestres e são normalmente conhecidas por capturarem pequenos insetos em suas teias, mas algumas possuem hábitos alimentares mais diferenciados, como as aranhas pescadoras (figura 1).

Neil Rolph

Figura 1: Aranha pescadora. (Fonte: Flickr @Neil Rolph)

Aranhas pescadoras já são bem conhecidas para a Aracnologia. Entre as 114 famílias de aranhas descritas até hoje (World Spider Catalog, 2016), oito delas possuem várias espécies de aranhas conhecidas por predarem peixes (Nyffeler e Pusey, 2014). Essas aranhas possuem hábitos semi-aquáticos e podem ser encontradas próximo a lagos, lagos, riachos e praticamente quaisquer outros corpos d’água que abrigam suas presas em vários lugares do mundo, mas principalmente na Região Tropical. Segundo alguns autores (), os peixes são apenas presas ocasionais de muitas dessas aranhas pescadoras, mas além dos peixes suas presas incluem crustáceos e insetos aquáticos ou semi-aquáticos (larvas principalmente) e anfíbios. Algumas delas são capazes de capturar presas cerca de duas vezes maiores que elas.

Muitas dessas aranhas pescadoras, como as do gênero Dolomedes (família Pisauridae), locomovem-se sobre a água (graças à tensão superficial) em busca de suas presas ou utilizam a estratégia de “sente e espera”, mantendo-se imóveis sobre a água à esperando que uma presa aproxime-se para então capturá-la (ver vídeo aqui).

Como é de se esperar em um grupo de artrópodes tão abundante e diversificado como as aranhas, especializações ainda mais interessantes podem ocorrer, como no caso da espécie Dolomedes raptor. Embora seja considerada uma “aranha pescadora”, essa espécie do Leste da Ásia utiliza uma interessante adaptação para capturar suas principais presas.

Nessa espécie (como em muitas outras aranhas) ocorre dimorfismo sexual (figura 2) e também possuem diferentes estratégias de predação. Os machos são um pouco menores e perseguem suas presas ativamente, enquanto as fêmeas geralmente permanecem paradas na margem de corpos d’água, mantendo apenas os primeiros pares de pernas sobre a água esperando que alguma presa aproxime-se para capturá-la. Além disso, as fêmeas possuem brilhantes pelos brancos nas extremidades dos seus primeiros pares de pernas. Aparentemente, pode-se pensar que essa característica auxilia na seleção sexual, mas os machos são indiferentes a eles.

figura2

Figura 2: Dimorfismo sexual nos padrões de coloração de (a) macho e (b) fêmea na espécie Dolomedes raptor (Pisauridae). (Fonte: Lin et al., 2015)

Essa característica das fêmeas, levou um grupo de pesquisadores a testarem se essa característica seria útil na sua estratégia de captura de presas. Para isso, inicialmente estudaram os olhos de suas principais presas, pequenos gafanhotos da espécie Eucriotettix oculatus (família Tetrigidae). Esses insetos costumam se alimentar de plantas aquáticas e algas nas partes rasas. Esses pesquisadores desenvolveram um modelo da visão do gafanhoto, baseados em estudos anteriores, e em testes em laboratório, puderam determinar que os gafanhotos conseguem ver facilmente os pelos brancos nas pernas da aranha, porém o resto do corpo delas não. O resto do corpo da aranha possui uma coloração muito semelhante à das rochas onde se mantém à espera de suas presas, ficando assim camufladas (coloração críptica).

Em seguida, os pesquisadores realizaram um experimento em campo utilizando modelos de papel das aranhas, colocando-os sobre rochas na margem de córregos na cidade de Taichung em Taiwan. Metade desses modelos eram completamente de cor marrom escura (grupo experimental) e a outra metade possuíam manchas brancas (grupo controle). Esses modelos foram deixados no local durante a noite (período de atividade das aranhas e suas presas) e com o auxílio de uma câmera para filmagens noturnas, foi possível observar quantos insetos se aproximavam das aranhas de papel.

Também foi realizado um experimento em uma estufa com as aranhas e gafanhotos vivos, no qual metade das aranhas tiveram seus pelos brancos aparados. E em ambos os experimentos, o resultado foi o mesmo: as aranhas com manchas brancas nas pernas atraem mais presas (além disso, a maioria das presas que se aproximaram foram mesmo os gafanhotos)! Sendo assim, com esse estudo (Lin e coloaboradores, 2015) possível comprovar que as manchas brancas realmente possuem uma função na captura de presas (forrageamento).

Os autores do artigo deixam perguntas a serem testadas e respondidas (embora até especulem teoricamente sobre elas). Entre elas, duas principais. A primeira, por que apenas as fêmeas possuem manchas brancas nas pernas, enquanto os machos possuem listras brancas na região dorsal do cefalotórax?  E a segunda, por que os gafanhotos são atraídos pelas manchas brancas?

Assim como em qualquer meio científico, pra cada problema resolvido, novos devem surgir. Afinal, como diria aquela propaganda do canal futura (não tenho certeza mais acho que é uma citação de Albert Einstein), “não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas”. E, portanto, esse é um bom exemplo de ótimo artigo científico.

Eeisten

Fonte: Um Sábado Qualquer.

Referências

Nyffeler, Martin; Pusey, Bradley J. 2014. Fish predation by semi-aquatic spiders: a global pattern. PloS one, v. 9, n. 6, p. e99459.

Lin, Tai-Shen e colaboradores. 2015. A dual function of white coloration in a nocturnal spider Dolomedes raptor (Araneae: Pisauridae). Animal Behaviour, v. 108, p. 25-32.

World Spider Catalog. 2016. World Spider Catalog. Natural History Museum Bern, online at http://wsc.nmbe.ch/ version 17.0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s