Parceiros, mas nem tanto

É importante poder contar com parceiros para enfrentar os desafios que a vida nos impõem. Alguns parceiros são simplesmente indispensáveis, ao passo que outros podem ser apenas temporários. Na natureza, os organismos também formam parcerias importantes.

Parceiros nem sempre são exclusivos e dois organismos diferentes podem ter o mesmo parceiro sem que haja prejuízo para nenhuma das partes. Na natureza, a parceria entre as abelhas e plantas, para a realização da polinização, é um exemplo bastante conhecido. Contudo, às vezes é preciso ter algo mais para que esse compartilhamento funcione. Esse mecanismo ocorre entre espécies de um grupo de plantas bastante conhecido: as orquídeas.

Continuar lendo

Anúncios

Sangue real

Rei Arthur (quadro de Frank Dicksee)

Todo mundo sabe que o termo “sangue azul” faz referência à nobreza. Esse termo tem origem, segundo a teoria mais aceita pelos etimologistas, na Espanha do século 6, tendo surgido num contexto de preconceito étnico, religioso e cultural. Segundo o etimologista Deonísio da Silva, da Universidade Estácio de Sá, “faz referência à cor clara da pele, sob a qual destacavam-se veias e artérias azuis – quase invisíveis na pele de mouros e judeus, constantemente expostos ao sol durante o trabalho.”

Obviamente, nenhum membro da realeza possui sangue azul, todos possuem sangue vermelho. Contudo, alguns animais possuem o sangue do tipo diferente do que se acha ser o convencional sangue vermelho. Alguns animais, por exemplo, realmente têm sangue azul, mesmo não pertencendo à nenhuma nobreza.

Continuar lendo

O Misterioso Lobo Vermelho

ResearchBlogging.org

Em praticamente todo o mundo, existem lendas e folclores relacionados aos lobos. Geralmente esses animais são consideradas criaturas astutas, assassinas e que devem ser temidos. Estórias clássicas como a da Chapeuzinho Vermelho e outras sobre lobisomens sempre fazem parte das estórias contadas por diversas pessoas em todo mundo.

Curiosamente, na América do Sul, apesar de não haver lobos nativos, existem muitas estórias que remetem a esses animais. Obviamente, a explicação pra isso é simplesmente a “exportação” dessas estórias. Contudo, no Brasil (e em outras partes da América do Sul), vive um animal que apesar da aparência e do nome, na verdade não é um lobo.

Continuar lendo…

Bat-tequila

Quando você vai a algum bar ou festa e pede alguma bebida alcoólica, na maioria das vezes nem pensa no processo de produção daquela bebida. Uma dessas famosas bebidas, além de antiga, envolve um processo de fabricação muito curioso e que vale a pena ser conhecido: a tequila! E pra animar a leitura, um brinde no estilo tradicional: “arriba, abajo, al centro y pa’dentro“!

Continuar lendo

O curioso gato anfíbio

Segundo um “mito” bem popular, gatos não gostam de água….ou melhor, não gostam de estar na água. Isso é apenas uma meia verdade para os gatos domésticos mas muitos dos chamados gatos selvagens (com algumas exceções) não possuem hábitos de entrar em corpos d’água como lagos e rios.

Apesar dessa particularidade de alguns gatos, existe uma espécie pouco conhecida mas que possui tamanha afinidade com água que muitas vezes é chamado de “gato-anfíbio”.

Continuar lendo…

O Pobre Diabo

ResearchBlogging.org

Numa pequena ilha australiana , uma pequena e injustiçada criatura passa por um momento infeliz de sua história natural. Para muitos, essa criatura é considerada um diabo e talvez por isso, sua reputação não ajuda muito na sua proteção.

Contudo, farei aqui o papel de “advogado do diabo”…afinal este diabo, vale a pena ser protegido!

Continuar lendo…

O verdadeiro monstro

Domingo passado estreou no canal de TV por assinatura Discovery Channel a “Semana do Tubarão“. Todos os anos o canal exibe uma série de documentários excelentes sobre esses animais e inspirado por essa semana, resolvi escrever um pouco sobre esses excelentes predadores (figura 1). Antes que comecem a estranhar o título do post, leiam até o final para entender.

Figura 1: Um tubarão branco saltando para capturar uma presa.

Continue lendo…