Aranha-estilingue

“Spiderman, Spiderman Does whatever a spider can
Spins a web any size Catches thieves just like flies
Look out, here comes the Spiderman”

Stan Lee e Steve Ditko, criadores do Homem-Aranha, mal sabiam o quão certos estavam sobre as semelhanças de sua criação artística com o animal do qual seus poderes foram inspirados. O “estilingue-aranha”, uma das técnicas utilizadas pelo herói, seja nos quadrinhos, filmes ou mesmo nos videogames na qual ele utiliza a elasticidade de suas teias para ganhar impulso no salto, foi também observada em uma espécie de aranha! Como dizem, a vida imita a arte…e isso não vale apenas para a vida dos humanos, mas também de outros animais.

Estilingue-aranha

Estilingue-aranha

Continuar lendo

Lobo em pele de cordeiro

Uma fábula antiga conta a estória de um lobo que certa vez encontrou a pele de um cordeiro. O lobo então teve a ideia de utilizá-la como disfarce para conseguir comida mais facilmente, podendo assim chegar mais perto do rebanho e poder escolher a presa que quisesse sem ser percebido.

Essa estratégia também é utilizada por um inseto, como descrito em um recente artigo.

Continuar lendo

Batalha entre dois Reinos

Leônidas nas Termópilas, por Jacques Louis David, 1814. Uma justaposição de vários elementos lendários e históricos da Batalha das Termópilas.

No ano 480 a.C. ocorria na Grécia uma batalha épica, travada entre dois reinos distantes. De acordo com o historiador Heródoto de Halicarnasso, 300 espartanos lutaram, sob o comando do rei Leônidas I, contra o exército persa liderado por Xerxes. Esse episódio da História ficou conhecido como a “Batalha das Termópilas” e até hoje ainda é lembrada. Essa batalha foi magistralmente recontada na obra em quadrinhos de Frank Miller, intitulada “300” e que foi também recentemente transformada em filme (com direção de Zack Snyder).

No mundo natural são travadas muitas batalhas épicas, porém um exemplo delas chama a atenção por também serem travadas por organismos de dois Reinos distantes.

Continuar lendo

Vampiros Naturais

ResearchBlogging.org

No dia 31 de outubro muita estará comemorando o “Dia das Bruxas” ou Halloween. Só pra deixar bem claro, o festival do Halloween é originalmente o  “Ano Novo Celta” (ou “Samhain“, que significa “o fim do verão”) e comemorado por muitas das religiões neopagãs, como a Wicca e o Druidismo. Contudo essa tradição (e muitas outras) foi incorporada pelo Cristianismo e transformada no  “dia de Todos-os-Santos“, popularmente conhecido como Dia das Bruxas, a festa tradicional comemorada principalmente nos EUA e “importada” para cá (quando na verdade, o “dia das bruxas” no hemisfério sul deveria ser comemorado no dia 30 de abril).

Apesar disso decidi aproveitar o clima e escrever um pouco sobre vampiros que, à propósito, andam muito em alta atualmente. Não, não vou falar daqueles vampiros das lendas como Drácula, Nosferatu e tantos outros, mas sim de vampiros reais!

Continuar lendo…